Skip to content

Mês: setembro 2015

Sobre o Rei e sua Escrita

Quando peguei Sobre a Escrita, de Stephen King, não esperava um livro tão auto-biográfico, que trata mais de sua própria trajetória do que de dicas para escrita. Acredito que no fundo todos temos esse desejo utópico, em várias ocasiões da vida, de encontrar o mapa do tesouro, explicado e detalhado. Mesmo que neguemos, mesmo que conscientemente justifiquemos que queremos apenas aprender o possível de um cara já estabelecido, em algum canto vive essa esperança tola. King não faz promessas, e o livro já começa dizendo isso. Não se trata de um manual de escrita criativa ou de um guia de boas práticas, apesar de trazer um bom conteúdo nesse sentido. A primeira parte do relato é sobre sua vida, desde criança até um escritor estabelecido, passando pelo ponto de virada onde sua mulher salva o começo de um romance da lata de lixo. Era Carrie, seu primeiro sucesso. Na segunda parte…

#AntiMachismoNerd

Eu relutei em escrever qualquer coisa sobre esse assunto. Não queria que parecesse um ataque de oportunidade, mas no final das contas o fato é que esse post é mais pra mim mesmo do que para quem possa porventura estar lendo. A primeira vez que ouvi o termo podcast foi em 2010 quando um amigo de onde trabalhava me mostrou o NerdCast. Para me cativar, sabendo do meu vício por Tolkien, me indicou os episódios sobre Senhor dos Anéis e O Hobbit. Por anos eu ouvi o programa esporadicamente, assim como fiz com o MRG tempos depois, pulando temas e ficando longos períodos sem contato. Esse meu amigo estava lendo A Batalha do Apocalypse, que ele comprou logo que saiu, nas primeiras edições da NerdBooks. Era visível o brilho nos olhos dele ao falar sobre o livro. Já naquela época o NerdCast e seus participantes estavam deixando de ser apenas outros…